Câmara dá 28.500 euros para os Carnavais de Tomar e de Linhaceira

A Câmara Municipal de Tomar decidiu atribuir, na última reunião do executivo, um subsídio de 28.500 euros para apoiar as duas associações que se encontram a preparar os festejos de Carnaval, que este ano se comemora a 16 de Fevereiro. O objectivo passa por organizar um “Carnaval Templário” onde se conciliem as acções que decorrem na localidade de Linhaceira (Asseiceira), a dez quilómetros da cidade, e em Tomar, no sentido de não se sobreporem programas. A autarquia pretende evitar deste modo também que se dê, à semelhança do ano anterior, alguma polémica em torno da atribuição de subsídios.

Deste modo, e de acordo com a proposta apresentada pelo vereador Luís Ferreira (PS), responsável pelo pelouro do Turismo e Cultura, a autarquia atribui 6.500 euros para a comissão que organiza o Carnaval da Linhaceira – mais 700 euros do que no ano anterior – e 22 mil euros para a Associação “Tomar Iniciativas”, responsável pela animação da cidade durante o período carnavalesco.

Neste último caso, O MIRANTE sabe que a “Tomar Iniciativas” tinha apresentado um orçamento de cerca de 30 mil euros. Apesar do subsídio atribuído ter ficado aquém das expectativas, mesmo assim esta associação recebe mais 4 mil euros do que em 2009, valor que o vereador Luís Ferreira justifica pelo programa que foi delineado por esta organização. Os valores foram acordados após reuniões havidas entre o vereador socialista e responsáveis das duas organizações.

“Trata-se da tentativa da recuperação do Carnaval em Tomar e de tentar conciliar as actividades de duas associações distintas sem tirar foliões dos festejos de uma ou de outra”, justificou Luís Ferreira, acrescentando que, por este motivo, o desfile do corso carnavalesco na Linhaceira acontece no domingo, 14 de Fevereiro, enquanto o de Tomar tem lugar na terça-feira gorda.

Outra das novidades avançada por Luís Ferreira foi a de que o Carnaval deste ano será monitorizado pelos Serviços de Turismo, através da Associação Portuguesa de Turismo Cultural, com o objectivo de identificar o impacto turístico do evento. Apesar da vereadora Graça Costa, do grupo “Independentes por Tomar”, ter frisado que gostaria de ver em cima da mesa o programa dos eventos já delineado, a proposta acabou por ser aprovada por unanimidade.
in ”O Mirante”  de 14.01.2010

Deixe o seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close